29 de dezembro de 2011

Névoa laranja e azul em Titã

Créditos da Imagem: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute
A imagem acima foi feita pela sonda Cassini da NASA apontada para a região polar sul da maior lua de Saturno, Titã, e mostra uma depressão dentro das camadas de névoa laranja e azul perto do polo sul do satélite. As camadas de névoa de alta altitude da lua aparecem em azul nessa imagem, enquanto que a principal névoa atmosférica aparece em laranja. A diferença na cor pode ser devido ao tamanho das partículas que formam a névoa. Provavelmente, se essa for a causa, a névoa azul é formada por partículas menores do que a névoa laranja. A camada de depressão, ou atenuada aparece na área de transição entre a névoa azul e laranja a aproximadamente um terço do caminho da borda esquerda da imagem. O polo sul da lua está na parte superior direita da imagem. Essa imagem sugere que o vórtice do polo norte de Titã, tem rotação de norte para sul. O polo sul de Titã está em sentido à escuridão à medida que o Sol avança em direção ao norte a cada dia que se passa. A camada superior de névoa na atmosfera de Titã ainda é iluminada pela luz do Sol. A imagem foi feita através de uma combinação de outras imagens obtidas com os filtros espectrais azul, verde e vermelho gerando assim essa imagem em cor natural. As imagens que foram combinadas foram obtidas em 11 de Setembro de 2011 a uma distância aproximada de 134000 quilômetros de Titã. A escala da imagem é de 787 metros por pixel.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...